sexta-feira, 12 de maio de 2017

FIM DAS PROVAÇÕES.



Texto Base: Tiago 1:1-12. Muitas vezes na nossa caminhada somos surpreendidos por momentos de grandes provações, em diversas áreas das nossas vidas e das mais variadas formas. Quando falamos em “provações” não estamos falando apenas de um tempo de luta ou dificuldade, mas como o próprio nome sugere, estamos falando de um tempo de “prova”. Para muitos este termo gera pavor, mas o fim das provas é sobremodo recompensador, se você sabe como passar por elas. O “fim das provações” nos sugere dois aspectos: primeiro, podemos entendê-lo como a finalidade de passarmos por provações, e também podemos entendê-lo como o final das provações (Como alcançamos? O que conquistamos?).  É sobre estes dois aspectos que refletiremos neste estudo.

1.       A provação da fé produz perseverança (v.2-4)
                * O tempo de prova não pode gerar tristeza em nosso coração, pelo contrario, deve ser motivo de grande alegria, pois é um tempo de crescimento e amadurecimento.
                - Quantos desejam tornarem-se melhores?
                O Senhor quer nos aperfeiçoar e para isso precisamos ser lapidados. A lapidação é dolorosa, mas nos torna preciosos, perfeitos (arranca de nos os defeitos/imperfeições) e nos torna cada vez melhores.

                * A perseverança produzida pela confirmação da nossa fé nos torna perfeitos e íntegros, em nada deficientes.
                Para isso a perseverança deve ter ação completa! Precisamos ser aprovados em tudo. Não basta vencermos uma etapa da prova, temos que vencer todas as etapas para que a vitória seja completa.
                Ex: nenhum atleta ganha a sua medalha (recompensa esperada, razão do seu esforço) por vencer uma etapa da competição. Cada etapa seleciona os melhores e por fim, o melhor dos melhores vence.            Na vida cristã existe uma única diferença, você luta contra você mesmo! Isso significa que o “seu homem natural/carnal” competirá contra o “seu homem espiritual (natureza transformada)” e as suas escolhas durante a prova é quem decidirão quem sairá vitorioso. A luta contra o inimigo aqui só não se torna relevante porque contra ele a sua vitoria já é garantida pelo poder da Cruz, por isso o que se torna decisivo são as suas escolhas.
                - De onde vem a sua força? De onde vem as suas estratégias para vencer as provações? Aonde está a sua esperança? (isso sim é decisivo)
               
2.       O Senhor nos dá condições para vencer as provações (v.5-6)  
                * Precisamos de sabedoria.       Tudo o que precisamos durante a “prova” é saber o que fazer, como devemos agir, qual é a ação correta diante de determinada circunstancia... Tudo isso nós temos através da sabedoria que nos é concedida por Deus.
                * Peça com fé e lhes será concedida.
                Não basta pedirmos, temos que pedir com fé,em nada duvidando.
                A dúvida nos torna inconstantes, como a “onda do mar, impelida e agitada pelo vento”. A inconstância nos impede de alcançar a aprovação (v.7-8).
                Precisamos ser constantes na nossa fé. Nada pode abalar a nossa confiança no Senhor!

  • Conclusão: “Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.” (Tiago 1:12 RA)
                - a aprovação é para aqueles que suportam vitoriosamente a provação;
                - a coroa da vida é a maior e mais preciosa recompensa que alguém pode alcançar; a salvação eterna.
                - que você possa ser vitorioso em todas coisas pela força que o Senhor te dá!               


No amor do Mestre;  Pr Sandro.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Nossa Transformação e seus Resultados




Texto Base: I Pedro 2:25 - Porque éreis como ovelhas desgarradas; mas agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das vossas almas. Tudo começa quando aceitamos a Cristo como nosso único e suficiente Salvador. Aos poucos vamos sendo transformados pela Palavra de Deus, vamos nos livrando dos embaraços dessa vida, deixando as velhas práticas, vamos nos livrando dos hábitos que tínhamos e entristeciam Jesus.

O resultado disso é que começamos a viver uma nova vida, seguindo os exemplos de Jesus. Romanos 6:4 - De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. Vamos sendo transformados em amor, através da ação misericordiosa do Espírito de Deus. Gálatas 2:20 - Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

Nosso coração duro e resistente, aos poucos começa a receber doses diárias de amor de Deus, e recebemos um novo coração. Hebreus 10:16-22...16 - Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, E as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: 17 - E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades. 18 - Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado. 19 - Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, 20 - Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, 21 - E tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, 22 - Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,

Recebemos também um novo espírito, Efésios 4:22-23...22 - Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; 23 - E vos renoveis no espírito da vossa mente;

Vivemos em paz e liberdade, Romanos 5:1 - TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; somos levados a ser pacificadores, levando a paz, o amor, a graça e a misericórdia de Cristo, a todos quantos cruzarem nosso caminho.

Receberemos do Senhor, um novo corpo, Filipenses 3:20-21...20 - Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, 21 - Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas. Não teremos mais dores, não haverão magros e nem gordos, cor de pele diferente, raça diferente, idioma diferente, nada disso fará mais parte de nós, pois teremos corpos glorificados, assim como Jesus. Estamos só de passagem neste mundo, viveremos a eternidade com Jesus na cidade Celestial.

No amor do Calvário, Pr Sandro.

terça-feira, 4 de abril de 2017

A CORRIDA DA FÉ

                               

Texto Base: Hebreus 12:1-12
A bíblia faz inúmeras analogias das competições dos atletas gregos, com a vida cristã do Novo Testamento. A semelhança do corredor, o cristão deve estar numa atividade constante que o leva até o final, apesar de todas as oposições do caminho.
Este texto que lemos, em Hebreus, o escritor fala sobre esta CORRIDA DA FÉ, que todos nós somos participantes. O Pastor explicou no Culto, como devemos corre-la e como chegar até o fim para complete-la.

1. GRANDE NUVEM DE TESTEMUNHA:
V.1 “Assim nós temos essa grande multidão de testemunhas ao nosso redor”.
Pergunte ao Grupo: O que essa grande nuvem de testemunhas que o autor se refere?
Essas testemunhas estão relacionadas no capitulo anterior. Se você começar ler o capitulo 11, verá exemplos maravilhosos de homens e mulheres que participaram dessa corrida, e que nos deixaram exemplos maravilhosos. O interesse do escritor ao citar essa multidão de testemunhas, é encorajar os atuais participantes, para que a exemplo deles possam perseverar, lutar e concluir a carreira que lhes está proposta.


2. DEIXEMOS TODO EMBARAÇO:
V.1 “Portanto, deixemos de lado tudo o que nos atrapalha”
Pergunte ao Grupo: Quais são os embaraços que nos atrapalham durante a corrida?
Nesta CORRIDA DA FÉ, são muitos os embaraços, que vem nos atrapalhar a continuar a carreira. Siga em frente, deixe para trás esses embaraços, esses pesos, coloque estes fardos aos pés da cruz, logo a corrida chegará ao fim, e você verá que valeu a pena.

3. PECADO QUE TÃO DE PERTO NOS RODEIA:
V.1 “e o pecado que se agarra firmemente em nós”.
O pecado é um grande inimigo nesta CORRIDA que nos está proposta. O pecado faz muitos, diminuírem o ritmo, muitos pararem e grande parte voltarem para trás.

4. OLHANDO PARA JESUS:
V.2 “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé”.
Nesta CORRIDA DE FÉ, não podemos olhar para trás, não podemos perder de vista o nosso alvo, o nosso objetivo, a nossa meta.

5. NÃO DESANIME:
V.3.b “Assim, vocês não desanimem, nem desistam”.
Temos que correr com vontade, com animo, pois não corremos por um prêmio perecível, corruptível, material, mas corremos por algo eterno, por uma coroa que o próprio Jesus entregará em nossas mãos.
Como está a sua CORRIDA DA FÉ? É tempo de recomeçar a CORRIDA, é tempo de aumentar o ritmo dessa CORRIDA, é tempo de olhar para Jesus, para o alvo, para a reta final.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

FÉ RECOMPENSADA




Mateus 9:20-22...20 - E eis que uma mulher que havia já doze anos padecia de um fluxo de sangue, chegando por detrás dele, tocou a orla de sua roupa; 21 - Porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar a sua roupa, ficarei sã. 22 - E Jesus, voltando-se, e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E imediatamente a mulher ficou sã.

1-  Grande necessidade
a)   Uma doença séria e um grande flagelo.  Marcos 5:29-34...29 - E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal. 30 - E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes? 31 - E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou? 32 - E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera. 33 - Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou-se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade. 34 - E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal.
b)   As consequências eram graves: impura perante a lei e por isso banida da comunidade. Levítico 15:25-27...25 - Também a mulher, quando tiver o fluxo do seu sangue, por muitos dias fora do tempo da sua separação, ou quando tiver fluxo de sangue por mais tempo do que a sua separação, todos os dias do fluxo da sua imundícia será imunda, como nos dias da sua separação. 26 - Toda a cama, sobre que se deitar todos os dias do seu fluxo, ser-lhe-á como a cama da sua separação; e toda a coisa, sobre que se assentar, será imunda, conforme a imundícia da sua separação. 27 - E qualquer que a tocar será imundo; portanto lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde.
c)   Um retrato do pecador diante de Deus.
d)   A doença era incurável naquela época, já durava 12 anos.

2-  Seu esforço inútil.
a)   Consultou muitos médicos. Marcos 5:26 - E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;
b)   Com isso gastou todos os seus bens. Lucas 8:43 - E uma mulher, que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com os médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada,
3-   Sua fé genuína.
a)   Apesar de muitas decepções, ela veio a Jesus, de quem havia ouvido coisas maravilhosas.
b)   Tocou no Senhor. Marcos 5:27 - Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste.
c)   A fé vem pela pregação. Romanos 10:17 - De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.
d)   Depois de tudo isso, esperou a ajuda somente no Senhor.
4-   Sua cura.
a)   Uma mulher fraca tocou num salvado poderoso e foi imediatamente curada.
b)   Tão de repente o pecador pode ser curado por um olhar cheio de fé para Jesus. Hb 12:2
c)   O fruto permanente de sua fé, paz. Marcos 5:34 - E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal. Romanos 5:1 - TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;

Conclusão:
Nossa caminhada sem Jesus se resume a desesperança, a falta de paz, a ataques do inimigo, escassez de recursos, uma busca em lugares errados da alegria e cura, ausência de saúde plena, mundo de sombras, falta de esperança, vida sem sentido.
Somente através da fé em Jesus, na ousadia em buscar de todo coração, na entrega sem restrições, no passo de coragem em ultrapassar os limites colocados pelos homens ao andar com Cristo, estar acima da média, se expor sem reservas a Deus.

Pr Sandro 

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Andar em novidade de vida!!




Mateus 9:16-17...16 - Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura. 17 - Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam.

Nossa forma de vida antes de conhecer a Jesus, não podia conter o frescor espiritual do evangelho. A graça não podia ser semeada nem derramada no sistema mundano em que vivíamos.
Então em vez de reformar o sistema que vivíamos, que era frágil, desgastado e obsoleto, Jesus vem e oferece a nós uma nova vida concedida pela nossa fé nEle.
Então queridos, espere e acolha a obra de purificação do Espirito Santo, como o resultado da habitação dEle em sua vida, se envolva com o Espirito de Deus.
Fuja do pecado da imoralidade e do pecado sexual, pois ele começa como pensamento, olhar malicioso, e toque inadequado.
Evite propor estruturas velhas de pensamentos e experiências vividas, em renovações presentes, viva o novo, tenha novas experiências com o Espirito Santo, se livre das cosias velhas de sua vida, Jesus quer te usar hoje! (vire a pagina)
A fé obediente a Deus, o liberta e capacita para realizar a obra que nos está proposta, que é ganhar esta cidade pra Jesus....enfim, vamos renovar nossa fé e nossa visão sobre Cristo, e Sua obra, pois a Palavra não muda mas as perguntas sim. Amo vcs!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

A ORAÇÃO, UM DIVISOR DE ÁGUAS NA VIDA DA IGREJA!



Introdução: Ao lermos os doze primeiros capítulos de Atos dos Apóstolos, onde uma nova etapa da Igreja Primitiva é mostrada por Lucas, vemos que ele começa a falar sobre Missões “Até os confins da Terra”. É interessante destacarmos que, além da pregação do evangelho, a Igreja Primitiva tinha muito forte a prática da Oração, então podemos dizer que: Somente através da prática constante da oração experimentaremos o contato intimo com o Criador. Nos 12 Capítulos iniciais encontramos cinco particularidades da oração da Igreja Primitiva que devem ser restaurados em nossas vidas.
I – A oração deve ser feita com perseverança:
1)      Os discípulos perseveraram unanimes em oração, com Maria e os irmãos de Jesus, Atos 1-14. A consequência foi o cumprimento da promessa sobre a vinda do Espírito Santo que está em Atos 2-1.
2)      A Igreja perseverava em oração como vemos em Atos 2-42 e a consequência foi o acréscimo feito pelo próprio Deus através de novas conversões, Atos 2-47.
II – A oração deve ter por objetivo viver ousadamente:
1)      Pedro e João foram ousados em orar no templo, Atos 3-1. A consequência foi a cura do coxo, Atos 3.7-8.
2)      A Igreja orou pedindo mais ousadia para testemunhar, Atos 4.23-30 e a consequência foi o tremor do local, enchimento do Espírito e testemunho com intrepidez, Atos 4.31.
III – A oração deve ser prioridade da liderança cristã:
1)      Os apóstolos souberam definir suas prioridades do ministério, Atos 6.4  e a consequência foi a satisfação de toda comunidade, Atos 6.5.
2)      Os apóstolos (pastores), impondo as mãos, oraram, abençoando o novo ministério, Atos 6.6 e a consequência foi o acréscimo e a multiplicação dos novos convertidos, Atos 6.7.
IV – A oração deve incluir intercessão:
1)      Estevão intercedeu em favor de seus opositores, Atos 7.60ª e a consequência foi o perdão que pode oferecer pelos seus males, Atos 7.60b.
2)      Ananias orou pelo ex-perseguidor da Igreja – Paulo, Atos 9.17 e a consequência foi o enchimento do Espírito Santo, a recuperação da vista e o batismo de Paulo, Atos 9.17-18.
V – A oração com fé, fundamentada da prática, é respondida:
1)      Cornélio orava continuamente e agia coerentemente, Atos 10.1-2 e a consequência dói a salvação e a vinda do espírito Santo para ele e sua casa, Atos 10.44-48.
2)      Pedro orou, aproveitando a oportunidade, Atos 10.9 e a consequência foi a visão celeste e a lição de que Deus não faz acepção de pessoas, Atos 10.34.
Conclusão: A Igreja primitiva desenvolvia uma vida de oração e, por isso, quando Pedro foi solto da prisão, sabia para onde ir. Na casa de Maria, mãe de João Marcos (célula), os irmãos estavam em um pequeno grupo ali reunido em oração, Atos 12.12!! ......Como está a vida de oração de todos do nosso grupo e da Igreja? O que temos feito em nossa vida de oração pessoal, para que nossa Igreja cresça e cumpra seu papel em nossa cidade?  Temos orado pelos nossos pastores e líderes? Que tal fazermos isso agora e diariamente em nossas casas? Vamos fazer esta aliança com Deus?
Observação:  Em Lucas, Jesus é um homem de oração!
No seu batismo, 3.21. depois de falar às multidões 5.16, antes de escolher os doze 6.12, antes da confissão de Pedro 9.18, quando da transfiguração 9.28-29, no retorno dos setenta discípulos 10.21, ao ensinar os discípulos a orar 11.1, quando orou por Pedro 22.31-32, no Getsêmani 22.39-46, quando estava na cruz 23.34 e 46. Alem da prática da oração, Jesus nos deixou as seguintes parábolas: Do amigo importuno 11.5-13, Da viúva e do juiz injusto 18.1-8, do fariseu e do publicano 18.9-14. Jesus é o nosso exemplo também na área de oração!!

domingo, 9 de outubro de 2016

SINAIS BÍBLICOS QUE ANTECEDERÃO AO ARREBATAMENTO DA IGREJA




 
ACREDITO QUE NÃO FALTA QUASE MAIS NADA PARA ACONTECER... JESUS ESTÁ VOLTANDO PARA ARREBATAR SUA IGREJA...

1) - Mt. 24:5 – Falsos cristos.
2) - Mt. 24:6 – Guerras e rumores de guerra.
3) - Mt. 24:7 – Nação contra nação.
4) - Mt. 24:7 – Fome.
5) - Mt. 24:7 – Terremotos e flagelos.
6) - Mt. 24:9-10 – Ódio, traição e morte.
7) - Mt. 24:11 – Falsos profetas.
8) - Mt. 24:12 – Multiplicar da iniqüidade.
9) - Dn. 12:4 – Ciência multiplicada.
10) - Lc. 17:26-27 – Dias de Noé.
11) - Ap. 3:15-16 – Igreja morna.
12) - Jr. 32:36-42 – O retorno dos judeus à sua pátria – repatriamento.
13) - Joel 2:28-31 – O derramar do Espírito sobre toda a carne.
14) - Num. 2:4 – O automóvel.
15) - Is. 31:5 – O avião.
16) - Ap. 11:9 – Radio e Televisão.
17) - Ap. 13:13 – A bomba atômica.
18) - Lc. 21:25 – Bramido do mar e das ondas.
19) - Lc. 21:24 – Plenitude do tempo dos gentios.
20) - Ez. 36 – Restauração da Palestina.
21) - Tg. 5:1-4 – Luta entre o capital e o trabalho.
22) - II Tm. 3:1-2 – Juventude sem lei.
23) - Mt. 24:22 – Morte a nível mundial.
OUTROS SINAIS:
1) - O Estado mental e depressivo do mundo – doenças da alma.
2) - O Estado moral do mundo – imoralidade e promiscuidade.
3) - O Estado espiritual do mundo – Apostasia e decadência religiosa.
4) - Aumento da delinqüência.
5) - O surgimento dos zombadores e críticos.
6) - Perseguição generalizada.
7) - Atos de corrupção social, política e econômica.
8) - Desassossego mundial – Nações inseguras e intranqüilas.
9) - Conferencias de Paz.
10) - O surgimento de uma nova ordem mundial – Nova Era
11) - E MUITOS OUTROS SINAIS...


ARREBATAMENTO DA IGREJA
Necessidade de vigilância...Mt 24. “Então, dois estarão no campo, um será tomado, e deixado o outro; duas estarão trabalhando num moinho, uma será tomada, e deixada a outra. Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, a quem o senhor confiou os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo? Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. Em verdade vos digo que lhe confiará todos os seus bens. Mas, se aquele servo, sendo mau, disser consigo mesmo: Meu senhor demora-se, e passar a espancar os seus companheiros e a comer e beber com ébrios, virá o senhor daquele servo em dia em que não o espera e em hora que não sabe e castigá-lo-á, lançando-lhe a sorte com os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes”.
Quando muitos não cuidarem Ele virá. Muitos acham que demora, mas Ele virá. Muitos estão desatentos e desanimados, mas Ele virá. Precisamos ser encontrados como servos fiéis e prudentes. Aguardando a vinda do Messias, preparando-se e preparando o seu caminho. Pense numa festa de casamento marcada, onde todos os envolvidos se preparam. A noiva e o noivo, mas também os padrinhos, os músicos, os arrumadores da festa, o local do casamento é preparado. A comida, todos tem roupas de festa. Se no mundo entendemos isto e nos preparamos adequadamente, quem dirá para a volta do Messias. É hora de abrirmos nossos olhos e vermos os sinais, à volta dele está muitíssimo mais próxima do que possamos imaginar. Preparemo-nos!